quinta-feira, 21 de maio de 2009

A primeira vez é sempre inesquecível!

Você lembra da sua primeira vez?
Como poderia esquecer, né?!
Pois é, eu estava aqui de bobeira em casa e comecei a pensar na primeira vez que eu... dei um autógrafo!!! Na verdade essa foi a primeira e única, mas valeu muito a pena. Voltando 12 anos no tempo, na época em que eu ainda me aventurava nas competições, estava no palanque de uma etapa do WQS na Barra da Tijuca (também foi o meu primeiro e único WQS) quando uma mulher caminhou em minha direção e sorriu:
- Oi Raiana, tudo bom? Tem uma pessoa que quer o seu autógrafo. Você pode vir comigo?
Eu fui sem pestanejar (aos 11 anos de idade o que a gente mais quer é se sentir importante) e logo percebi que a pessoa que me abordou estava acompanhada de uma das grandes figuras do surfe brasileiro: Octaviano “Taiu” Bueno!


Peguei essa foto do Taiu no blogue do Rico

Fiquei com um friozinho na barriga e ainda não sei se foi por causa do autógrafo ou porque ele seria para o Taiu. Bom, o que interessa é que eu estava ali, no auge das minhas canelas finas e cabelo parafinado (cara, confesso que muitas vezes eu carreguei minha prancha na cabeça até a água só para aquela pontinha de parafina que ficou protuberante depois do raspador cair no meu cabelo e dar aquela “clareada do sol”) dando autógrafo depois de competir numa etapa do WQS cheia de astros do Tour (tenho que escanear uma dessas fotos). Foi engraçado!
Primeiro porque eu não sabia como escrever o meu nome de uma forma estilosa que se parecesse com um autógrafo. Segundo porque eu fiquei nervosa por estar dando meu primeiro autógrafo. Terceiro porque eu não sabia o que escrever na dedicatória (foi pedida uma). Nossa!!! Quanta emoção!! (risos)
O resultado foi um "Raiana Monteiro" bem mixuruca com letras perfeitinhas resultado de muitas horas naqueles cadernos de caligrafia (minha mãe se orgulhava!!).
O mais legal é que depois de todo o fiasco eu recebi alguns elogios do Taiu e, pra fechar, ele disse no meu ouvido:
- Quando você ficar famosa eu vou vender esse autógrafo e ficar rico!
Bom, Taiu, foi mal te decepcionar assim... mas, como o ditado já diz, “o que vale é a intenção”.

P’s: Em novembro de 1991, um mês antes de completar 29 anos, o surfista profissional Octaviano "Taiu" Bueno sofreu um acidente enquanto surfava na Praia da Paúba, litoral norte de São Paulo. Ele fraturou o pescoço e ficou tetraplégico, além de ficar entre a vida e a morte. O cara continua fissurado pelo surfe e a última vez que o encontrei foi durante uma etapa do Circuito Profissional, onde ele fazia participação especial na locução do evento.

7 comentários:

FUN disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
FUN disse...

Ainda é cedo para falar que não vai ficar famosa e quando ficar não esqueça dos amiguinhos.
Valeu Paraibinha.
abraço
fun

Ronaldo Monteiro disse...

huahuahuahuahuahua,vc é mesmo uma figurinha,olha que eu não me lembrava dessa história,mas me lembro muito bem que foi nesse campeonato que vc ganhou seu primeiro premio em dinheiro...R$50,00

Anônimo disse...

VC PODE ATÉ AINDA NÃO TER SE TORNADO FAMOSA MAIS É IMPORTANTE PARA QUEM TE CONHECE VC É UMA FIGURAÇA TE DESEJO TODA A SORTE DO MUNDO!!!!!

Anônimo disse...

JERRE

Marília Porciúncula disse...

Essa eu não sabia!!!!hehehheh
Que figura !!!São por essas e outras que vc é filha de quem é...ahuehuehue Marília e Ronaldo!!
Te amoooo
Marília

vitrinedexperiencia.com disse...

Gostei da Foto .Valeu pela lembrança do grande Taiu , personagem do Surf Brasileiro.
Uma alma guerreira que passa por cima de todas as dificuldades para ainda fazer parte dessa Religiao em que é o Surf.
Primeira vez por aqui e ja curti
Aloha
Mateus Thiago
http://vitrinedexperiencia.com/